O poder do um-para-um…

O que achas que mais poderoso…

Falar para uma audiência ou falar um-para-um?

Bem, falar para uma audiência é fantástico porque te dá muita exposição e permite que transmitas as tuas ideias a muitas pessoas de uma só vez (em vez de estares a falar com cada uma individualmente).

E se venderes um produto, isso pode ser o suficiente para que as pessoas o comprem.

Mas, no nosso caso, que vendemos um serviço…

Falar para uma audiência é fantástico.

Mas depois temos de ter uma conversa de um-para-um.

Senão, nada feito.

Ninguém nos vai contratar só porque nos ouviram falar em algum lado.

Esse pode ser o gatilho que faz com que nos procurem para saber mais.

E, em termos de marketing de atracção, é do melhor porque nos confere uma certa “autoridade” no nosso mercado.

Mas sem a conversa de um-para-um, ninguém nos contrata.

Ontem estive num evento organizado pela Rede ComprarCasa – o Conectados, que juntou elementos da rede oriundos de várias partes do país e também de Espanha.

Foi uma tarde muito agradável, em que tive a oportunidade de conhecer novas pessoas, ouvir falar de projectos novos e também de partilhar um pouco das minhas ideias.

O tema que partilhei foi relacionado com o nosso Círculo de Influência e de como podemos fortalecer o nosso negócio se lhe dermos a atenção que merece.

Estavam presentes dezenas de pessoas e sei que muitas me ouviram.

E isso foi fantástico.

Mas mais importante que isso, foram as conversas um-para-um que tive a seguir ao evento.

Foi nestas conversas que foi possível conhecer um pouco melhor as pessoas que estavam do outro lado e a sua história.

Como a história daquela colega agente imobiliária que tem uma paixão por escrever…

E já editou 7 livros!

Ou aquele colega que partilhou que tem duas filhas e que são o melhor do mundo…

Ou aquele que partilhou comigo como fazia para exercitar-se regularmente e de como isso era importante para o seu bem-estar geral…

E outro que contava histórias da sua terra e de como se faziam os negócios por lá…

Enfim, foram momentos de partilha e de conhecimento que são importantíssimos para se gerar uma ligação um pouco mais profunda e pessoal.

Do mesmo modo, sempre que oportuno, permitiu que elas conhecessem um pouco melhor a minha história.

Dessa forma, rapidamente percebemos se estamos em sintonia ou não.

E se vale a pena continuar a conversar no futuro.

NOTA IMPORTANTE: Estas primeiras conversas não são para vender nada!

Servem apenas para nos conhecermos e ver se, de ambas as partes, há vontade de continuar a conversar.

Muitas vezes estamos tão focados em transmitir a nossa mensagem que nos esquecemos que o marketing já não é só de uma via.

Não é apenas uma mensagem que se transmite.

É uma conversa que se inicia e que se aprofunda, à medida que há interesse das duas partes.

Porque quando o marketing de um agente imobiliário é apenas de uma via…

Em que ele “fala” e não está a procurar escutar…

Um dia, pode descobrir que está a falar para uma audiência… vazia.

😉

Um abraço e tem um excelente dia,

Marco Costa
www.omeunegocioimobiliario.com

PS: Muito, muito obrigado em meu nome e em nome da minha família por todas as mensagens que recebemos ontem. O nosso coração está cheio. Um forte abraço!!!

 

Opt In Image
E-Book Grátis Para Agentes Imobiliários / Corretores de Imóveis
Duplica o Teu Negócio Apenas com Referências

Descobre como alavancar os teus resultados apenas com referências recebidas de antigos e actuais clientes.

Disponível apenas por tempo limitado...