O dia em que a Adidas mandou o Michael Jordan passear…

Penso que saibas quem é ou já tenhas ouvido falar do Michael Jordan, certo?

Pois é, embora já esteja retirado há muitos anos da NBA, continua a ser muito famoso e recordado pelas suas qualidades atléticas.

Porque ele fazia quase tudo bem e bem melhor que os outros – era a atacar, a defender,a decidir os jogos nos últimos instantes, etc.

Ganhou meia dúzia de títulos de campeão da NBA, foi inúmeras vezes votado como MVP (Jogador Mais Valioso) de campeonatos e das finais, foi campeão olímpico…

Enfim, o tipo era uma autêntica estrela!

Para muitos, ele continua a ser o melhor jogador de basquetebol de sempre.

Mas nem tudo foi fácil na vida deste fantástico atleta, principalmente no início da sua carreira.

Para começar, nem sequer foi a primeira escolha dos treinadores da NBA quando saiu da Universidade.

Foi apenas a terceira…

Como se devem ter arrependido os dois primeiros clubes que tiveram a oportunidade de contratá-lo e escolheram outro…

E no outro dia, ouvi, ou melhor li, outra história impressionante de arrependimento.

Parece que a Adidas, o gigante do desporto mundial, também tem motivos para se arrepender em relação ao Jordan.

É que, quando este começou na NBA, a sua primeira escolha de calçado foi precisamente a Adidas.

Mas eis que a Nike apresentou uma proposta irrecusável ao Michael.

E este, porque preferia ainda assim a Adidas, foi ter com eles e disse-lhes que se eles se aproximassem daqueles valores, que assinava por eles.

E eles?

Recusaram.

Por um motivo.

Qual?

O tipo não era alto o suficiente…

É que, na altura, a Adidas já tinha na sua “equipa” atletas bem mais altos que eles achavam que eram mais valiosos.

Bem tolo este motivo, certo?

É claro que, com o decorrer do tempo, e com as constantes demonstrações de valor e excelência do Jordan, a Adidas bem se arrependeu desta nega.

Mas já não havia volta a dar…

Agora o Jordan afundava pela Nike!

Mas se pensares bem, o mesmo acontece todos os dias no nosso negócio.

Muitos clientes dão-nos uma nega em relação a trabalhar connosco por motivos que, às vezes, são bastantes…

Tolos.

Alguns até sem sentido nenhum.

E, nesse caso, também nós temos de demonstrar o nosso trabalho e qualidade para que os mesmos reconheçam que somos as pessoas certas para o trabalho.

Felizmente, estas negas não têm efeitos permanentes.

São apenas temporários.

Um “não” agora é apenas um “ainda não”.

E muitos acabam por dizer sim mais tarde.

Se…

Continuarmos a insistir.

E a ser consistentes com o nosso trabalho.

Todos os meses.

Sem falta.

E, para isso, ter uma newsletter é mais do que meio caminho andado.

Mas não uma newsletter qualquer.

Uma newsletter que está pensada e desenhada para construir relações fortes e duradouras.

E te trazer negócios.

Todos os meses.

Com uma certeza matemática.

Um abraço e bons negócios!

Marco Costa
http://www.omeunegocioimobiliario.com

PS: Para saberes mais vai a: www.aoseuservico.com

 

Opt In Image
E-Book Grátis Para Agentes Imobiliários / Corretores de Imóveis
Duplica o Teu Negócio Apenas com Referências

Descobre como alavancar os teus resultados apenas com referências recebidas de antigos e actuais clientes.

Disponível apenas por tempo limitado...