Como ganhares (muito) dinheiro sem venderes casas!

Ora viva!

Finalmente, tive um tempinho para me sentar ao computador e escrever-te.

Mais tarde… mas a boas horas, espero!

E acredito que vá ser bastante útil! Ora vê só…

Hoje venho falar-te sobre como podes ganhar (muito) dinheiro sem venderes casas.

Sim, é verdade que o teu negócio é ajudar proprietários a vender a sua casa e compradores a encontrar uma casa para vender.

Mas, a realidade é que não tens de te limitar a fazer isso.

Podes fazer muito mais e ganhares muito mais dinheiro.

Deixa-me explicar o que quero dizer.

Como sabes, hoje em dia, as pessoas têm cada vez menos tempo para procurar quem os ajude a fazer determinadas coisas.

Mas as necessidades estão lá, se calhar ainda maiores que antigamente.

Se alguém precisa de um canalizador ou de um electricista, das duas uma:

– Ou vai às páginas amarelas e paga um balúrdio ou

– Pergunta a alguém em quem confie se conhece algum bom profissional que trate do assunto.

Certo?

Então, porque não te posicionares como alguém que consegue resolver todos os seus problemas?

Algo deste género:

“Precisa de uma pessoa para pintar a sua casa? Eu conheço a pessoa ideal!”

“Precisa de fazer obras totais? Eu trago-lhe dois ou três orçamentos para comparar!”

“Precisa de um certificado energético? Sem problema!”

“Precisa de mudar as suas coisas e não conhece quem o faça? Eu trato disso.”

“Precisa de guardar as suas coisas enquanto não se muda? Eu conheço o local ideal!”

Não que tenhas de ser tu a fazer as coisas.

Apenas tens de conhecer quem o faça.

E quem o faça bem, claro.

E recomendares essas pessoas.

Em troca elas pagam-te uma comissão.

Com uma boa rede de contactos, que não é assim tão complicado de arranjar quanto isso, tu consegues ganhar (muito) dinheiro sem venderes a casa.

Três coisas são essenciais para que isto seja possível:

– A primeira é que construas esta rede de “fornecedores”, que seja bons profissionais (não te esqueças que, ao recomendá-los, a tua reputação está em jogo), e que estes concordem em pagar-te uma comissão;

– A segunda coisa é que tenhas uma excelente relação com a tua Lista de Contactos, de modo a que eles confiem em ti e nas pessoas que recomendas;

– A terceira é que consigas comunicar a todas as pessoas da tua Lista de Contactos que tens esta rede de contactos e que podes ajudá-los em qualquer situação que precisem.

A primeira é mais fácil e rápida.

Basta contactares dois ou três negócios em cada área e rapidamente encontras quem queira fazer parte desta rede (afinal de contas, quem é que não precisa de mais clientes?).

A segunda e a terceira exigem mais tempo e dedicação.

Porque o vais fazendo pouco a pouco.

Comunicando de forma gradual cada uma das coisas em que as podes ajudar (se disseres tudo de uma vez, não é tão eficaz porque é mais difícil de assimilar).

E, para isso, nada melhor que uma newsletter de qualidade.

Em que fales de assuntos do interesse dos teus clientes e potenciais clientes e em que vás, aos poucos, dando-lhes a conhecer o que podes fazer por eles.

Todos os meses ou todas as semanas.

De uma forma constante e consistente!

Que te parece? É possível?

Um forte abraço e um excelente fim-de-semana,

Marco Costa
www.omeunegocioimobiliario.com

Opt In Image
E-Book Grátis Para Agentes Imobiliários / Corretores de Imóveis
Duplica o Teu Negócio Apenas com Referências

Descobre como alavancar os teus resultados apenas com referências recebidas de antigos e actuais clientes.

Disponível apenas por tempo limitado...