Uma história fantástica de intensidade e paixão…

Neste fim-de-semana aconteceu um episódio altamente insólito no campeonato inglês de futebol.

O Manchester City jogou contra o Southampton e o resultado esteve empatado (1-1) desde o minuto 75 até ao minuto 96 (sim, já estavam nos descontos).

Nessa altura, um jogador do City resolveu tirar um coelho da cartola e marcou o golo da vitória.

No último lance do jogo.

Para delírio de todos os adeptos da sua equipa, do seu treinador e dos jogadores.

E para desespero de toda a gente da outra equipa, claro.

Mas, o acontecimento altamente insólito de que te falo não é este.

Porque marcar um golo no último minuto não acontece todos os dias.

Mas, ainda assim, acontece com alguma frequência.

O que te falo é de outra coisa.

É que, terminado o jogo, as câmeras mostraram o treinador do Manchester City (Pep Guardiola, certamente um dos melhores treinadores do mundo), a discutir com um jogador.

A gritar com ele e a gesticular à sua frente.

Agarrando-o e empurrando-o vigorosamente.

Mas, com uma nuance curiosa, que faz com que tudo seja mais estranho.

É que o jogador era da outra equipa.

E, não sendo claro aquilo que ele estava a dizer, certamente seriam palavras de motivação e incentivo.

Percebe-se isso pelo sorriso do jogador e pela ausência de resposta (agressiva, entenda-se).

Ora, olhando para as imagens, há uma coisa que salta bem à vista.

Este homem (Guardiola) vive e respira futebol.

A intensidade que pôs nesta simples conversa (ainda por cima com um adversário) mostram bem a paixão que ele tem e o quanto vibra com este desporto que é, afinal de contas, o seu trabalho do dia-a-dia.

Penso que todos podemos tirar algo daqui.

E reflectir…

Será que estamos a colocar este nível de intensidade e de paixão em tudo o que fazemos durante o dia-a-dia?

Ou será que o nosso trabalho é apenas um simples ganha-pão?

Se assim for, podemos estar bem aquém daquilo que somos capazes de fazer.

E não estamos a dar tudo o que temos.

E, como tal, é natural que os nossos resultados estejam também aquém do que poderiam ser…

Então, o convite para hoje é este:

Vive com paixão e intensidade e, quando estiveres a trabalhar, entrega-te completamente à tua causa.

Dá tudo. Sem deixar nada de fora.

Vais ter desilusões? Certamente que sim.

Mas a satisfação de dar o teu melhor e recolher a recompensa por isso vai certamente superar todos os percalços que encontrares.

Um abraço e tem um excelente dia,

Marco Costa
www.omeunegocioimobiliario.com

PS: Se ficaste curioso, podes ver o vídeo aqui:

Opt In Image
E-Book Grátis Para Agentes Imobiliários / Corretores de Imóveis
Duplica o Teu Negócio Apenas com Referências

Descobre como alavancar os teus resultados apenas com referências recebidas de antigos e actuais clientes.

Disponível apenas por tempo limitado...