Nunca percas um único momento…

Acabei de deixar a minha mulher no cabeleireiro e tenho ainda uns minutinhos para te escrever este e-mail antes de me ir arranjar.

É que hoje é um dia especial.

Hoje vamos a um casamento de uma amiga de infância.

Grande celebração, grande festa e, se tudo correr bem, hão-de viver felizes para sempre.

Ora, sempre que sou convidado para este tipo de festas (não só casamentos e batizados mas também aniversários e outras festas similares), lembro-me de algo que aprendi há muitos anos e que hoje vou partilhar contigo.

Há muitos anos, quando estava a ouvir uma daquelas fantásticas palestras do Jim Rohn, ele disse algo que me marcou.

E que acho que faz muito sentido.

Dizia ele que a vida é muito mais do que trabalho.

E que uma das coisas mais importantes da vida…

Uma das coisas que mais nos marca e, de certa forma, tem o poder de nos transformar, são as experiências que vivemos.

Aqueles momentos em que estamos efectivamente a viver algo.

A ter uma experiência.

E que uma vida é tão mais rica quanto mais experiências podermos “coleccionar”.

Então, convidava a sua audiência a nunca perder um momento.

A não perder uma festa, um convite para algo diferente, ou uma data ou acontecimento especial.

E, mais…

Quando estivermos nesse momento ou acontecimento, a tirarmos o maior partido da coisa.

Sentir cada cheiro, apreciar cada cor e desfrutar de cada som.

Como que deixar que essa experiência se entranhe em nós.

Sei que isto até pode parecer um bocado lamechas… mas faz muito sentido.

Ainda para mais no mundo em que vivemos hoje.

Em que tudo é mais superficial e não há tempo para nada.

Provavelmente, uma das coisas que te motivou a vir para este negócio foi teres liberdade para gerir o teu próprio tempo (em vez de teres de cumprir um horário num trabalho convencional).

E, provavelmente, já percebeste que o resultado prático foi trabalhares ainda mais horas do que trabalhavas antes…

Tudo isso é verdade.

Mas, também é verdade que não deves abdicar desse poder.

Se tens a possibilidade de gerir o teu tempo, garante que ele está alinhado com aquilo que é importante para ti.

Para que não percas nenhum momento importante na tua vida.

Se para ti, a família é importante, garante que não perdes nenhuma festa dos teus filhos, nem nenhum jogo ou audição.

Se para ti, os amigos são importantes, procura não perder nenhum momento especial (como o seu aniversário, por exemplo).

Etc., etc., etc.

Penso que já percebeste a ideia.

Uma nota final: nem sempre é possível ir a todas as coisas que gostaríamos de ir.

Por vezes, há coisas que temos de fazer que se sobrepõem às coisas que gostaríamos de fazer.

Ou então, estão a acontecer duas coisas em simultâneo onde gostaríamos de estar…

Às vezes, acontece.

Ainda a semana passada, fui convidado para um jantar de aniversário de um grande amigo mas não pude ir.

Porque já me tinha comprometido, precisamente com esta amiga que se vai casar, a ajudá-la.

Mas não é destas situações que estou a falar.

Falo daquelas situações em que recusamos ir porque não nos apetece ou porque não temos tempo (mas depois andamos a pastar sem fazer nada de concreto ou a fazer algo que poderíamos fazer noutra altura).

Sempre que possível, nunca percas um único momento.

Um abraço e tem um excelente dia,

Marco Costa
www.omeunegocioimobiliario.com

 

Opt In Image
E-Book Grátis Para Agentes Imobiliários / Corretores de Imóveis
Duplica o Teu Negócio Apenas com Referências

Descobre como alavancar os teus resultados apenas com referências recebidas de antigos e actuais clientes.

Disponível apenas por tempo limitado...