Demasiado exposto!???

Na semana passada estava a falar com um cliente e discutíamos a sua forma de comunicar com o seu público-alvo, leia-se aqueles que ele queria que fossem seus clientes.

Depois de falarmos de várias iniciativas, e da importância de estar sempre presente para quando o cliente precisasse de contratar alguém, de repente ele parou, olhou para mim e disse-me:

“Mas, se eu fizer isso tudo, não vou ficar demasiado exposto?”

A sua grande preocupação era que os potenciais clientes ficassem incomodados por ele estar a aparecer tanto (nas redes sociais, no seu e-mail, na sua caixa de correio, etc.).

E é curioso que não é a primeira pessoa que levanta esta questão e por isso mesmo estou a partilhá-la contigo.

Será que é possível ficar demasiado exposto?

E, se for possível, será que isso é bom ou mau para o negócio?

Bem, para tornar as coisas mais simples e não complicar, vamos pensar em algumas empresas que todos conhecemos.

Será que a Coca-Cola, a Microsoft, a Apple, a IKEA, o Google, o Facebook, a MEO, a NOS, a McDonalds são marcas “demasiado expostas”?

Bem, aparentemente sim.

Mas isso vem como resultado de milhões e milhões de euros e dólares gastos todos os anos em publicidade e marketing.

Agora…

… será que todos estes milhões e a consequente exposição são boas para o negócio?

Pois. Parece que a resposta é bastante óbvia.

Claro que sim!

Por isso é que o fazem ano após ano após ano após ano.

De outra forma, não o fariam, certo?

Ainda assim, aposto que há algumas marcas que não te dizem nada (ou muito pouco) e que estão entre os 10 maiores anunciantes nos Estados Unidos da América.

Ora, vê a tabela em baixo:

Imagem4

Mas, se estas empresas que toda a gente já conhece têm de continuar a gastar tanto dinheiro em marketing todo os anos só para não serem esquecidas, o que dizer de um agente imobiliário?

Será que ele corre o risco de ficar demasiado exposto de modo a chatear as pessoas?

Não me parece.

Mas, será que ele conseguirá ficar com exposição suficiente para tirar dividendos (sem ter de gastar esta fortuna)?

Sim, se ele se concentrar no seu nicho de mercado e estiver sempre presente de um modo constante
e consistente.

Todos os dias. Em todos os locais que conseguir.

Online e offline.

Na caixa do correio física e electrónica.

Nas redes sociais e com o seu próprio website.

Porque o maior risco que ele corre não é ficar demasiado exposto.

Pelo contrário, o maior risco é a obscuridade.

Ninguém saber que ele é e o que faz.

Mas, e se o agente imobiliário não souber ou não tiver tempo para fazer este tipo de marketing?

Bem, aí entramos nós.

Porque é exactamente isso que fazemos.

Ajudamos os agentes com o seu marketing e providenciamos para que se promovam a si e ao seu negócio de um modo consistente, profissional e diferenciado.

Para que possam obter os melhores resultados todos os anos. Ano após ano.

Se ficaste curioso e queres saber mais acerca de como te podemos ajudar, envia-me um e-mail para marco@omeunegocioimobiliario.com.

E começa hoje mesmo a tua jornada de promoção massiva e eficaz.

Para dominares o teu mercado.

Um abraço,

Marco Costa
www.omeunegocioimobiliario.com
www.aoseuservico.com

PS: Se ainda não fizeste o download da ferramenta de Marketing de Eventos para 2016, vai aqui:
www.omeunegocioimobiliario.com/marketing-de-eventos-2016

É gratuita e vai poupar-te imensas horas de trabalho!

Opt In Image
E-Book Grátis Para Agentes Imobiliários / Corretores de Imóveis
Duplica o Teu Negócio Apenas com Referências

Descobre como alavancar os teus resultados apenas com referências recebidas de antigos e actuais clientes.

Disponível apenas por tempo limitado...